Processos geradores de elfuentes comumente utilizados na indústria

Existem processos que são comumente utilizados na indústria que são grandes geradores de efluentes líquidos (descarte de água contaminada) e portanto possuem grande potencial poluidor e de geração de impactos ambientais e poluição.

 Processos comumente utilizados na indústria, que são geradores de efluentes:

• Decapagem química

  • Diversos processos de fabricação que envolvem partes metálicas incluem uma etapa de remoção de produtos da corrosão depositados sobre as mesmas.
  • Isto é feito pela imersão destas partes metálicas num banho de uma solução aquosa ácida (ácido sulfúrico) ou básica (hidróxido de sódio).
  • Após, se faz necessário uma lavagem para remover o residual ácido ou cáustico.
  • No caso de banho de ácido sulfúrico para a decapagem de metais ferrosos, parte do ferro é dissolvido no ácido na forma de FeSO4, que acaba por comprometendo a efetividade do banho.
  • O banho pode ser trocado totalmente ou de forma gradativa gerando a necessidade de tratamento da solução gasta.
  • O tratamento envolve neutralização e precipitação dos metais dissolvidos devendo-se ter o cuidado de garantir a completa precipitação dos metais antes da lançamento do efluente.
  • Assim como em outros processos de imersão, deve-se ter cuidado com o “dragout”, isto é, parcela da solução de decapagem que deixam o sistema aderidas as peças.

• Desengraxe com vapor

  • Industrias que trabalham, conformam, niquelam ou soldam metais, estão sempre aplicando às superfícies metálicas e, então removendo, substâncias que contenham óleos e graxas.
  • Na remoção destas substâncias pode ser utilizada a técnica do desengraxe com vapor, entre outros (por exemplo lavagem com solução cáustica quente com ou sem detergente).
  • O processo de desengraxe com vapor consiste dos seguintes elementos:
  1. Tanque aquecido para conter e volatilizar a substância desengraxante líquida;
  2. Câmara aberta para conter os vapores acima do tanque aquecido;
  3. Sistema de condensação de vapores;
  4. Sistema de cestas ou ganchos que transportem as peças a serem desengraxadas pelo ambiente acima do tanque aquecido.
  • Substâncias desengraxantes líquidas usadas: cloreto de metileno, metilclorofórmio, percloroetileno, tricloroetileno, tricloroeteno, percloroetano, propilbrometo, etc.
  • Diversas fontes de contaminação do banho quente acabam por tornar necessária a sua troca (banho gasto), são elas:
  1. Substância desengraxante contaminada que retorna ao tanque;
  2. Água condensada no ar ambiente;
  3. Água contida no dragout de processos anteriores;
  4. Água que permaneceu no tanque após sua lavagem;
  5. Vazamentos de radiadores de água e de vapor.
  • Periodicamente é necessário esvaziar o tanque, retirando-se a borra de fundo e tratando-se o banho gasto para disposição final.
  • A melhor forma de dispor do banho gasto é fazendo-se a recuperação da substância desengraxante original (destilação fracionada).
  • O que sobra da destilação fracionada, e a borra de fundo devem ser incineradas ou colocadas em aterros de resíduos perigosos.
  • Deve-se ter o cuidado de não colocar diretamente em aterros de resíduos perigosos o banho gasto (quando não tratado), por causa de suas propriedades tóxicas e por ser praticamente impossível garantir a sua contenção.

• Enxágüe

  • Processo comum em muitos processos de fabricação.
  • Tipicamente, partes e peças que passam por etapas de fabricação de onde emergem de banhos, acabam passando também por um banho de água para remover os resíduos do processo anterior.
  • Comumente se tem 3 enxágües em seqüência, com um sistema de lavagem contra-corrente.
  •  Exemplo de um processo de enxágüe em galvanoplastia.
  • Tratamento dos banhos gastos (niquelamento ou de lavagem) envolve a remoção das substâncias usadas no processo de galvanoplastia, além dos íons dissolvidos do objeto sendo trabalhado.

Leia Mais

Qual a definição de poluição dos solos e principais fontes poluentes?

Definição: A poluição dos solos é qualquer alteração provocada nas suas características originais pela introdução de produtos químicos ou resíduos, de forma que ele se torne prejudicial ao homem e a outros organismos ou ainda tenha os seus usos prejudicados.

As principais fontes de poluição dos solos ou fontes poluentes dos solos são:
– utilização de fertilizantes artificiais;
– aplicação de pesticidas;
– lançamento de resíduos sólidos (lixo);
– disposição de esgoto no solo.

Leia Mais

Descarte de lixo eletrônico em Campo Grande, MS

O lixo eletrônico possui grande potencial poluidor, pois em sua composição estão muitos metais pesados e componentes tóxicos. Assim, o seu descarte deve ser feito em locais que irão dar a destinação correta para cada tipo de resíduo, pois alguns podem ser reciclados e outros não.

Segue uma sugestão de onde descartar resíduos eletrônicos em Campo Grande, MS:

Onde levar lixo eletrônico em Campo Grande, MS?

Leia Mais

Como resolver os engarrafamentos e o trânsito? Problemas ambientais das cidades

O trânsito e os engarrafamentos são grandes problemas ambientais dos grandes centros urbanos de todo o mundo, e são responsáveis pela morte de milhares de pessoas no mundo todo, todos os anos, devido a poluição do ar, a qual causa uma série de doenças.

Assim, diminuir o número de carros nas cidades é muito importante, e isto pode ser feito através de transporte público eficiente e de preferência não poluente, mas também através de iniciativas simples, como:

– Planeje o seu trajeto antes de sair para andar menos e poluir menos.

– Mantenha seu carro com boa manutenção, para diminuir as emissões. Principalmente se seu veículo é movido a diesel. O diesel é extremamente poluente se o motor não estiver bem regulado.

– Vá a pé ou de bicicleta para o trabalho.

– Combine um sistema de carona com os seus colegas, como o site caronetas.

Saiba mais sobre a iniciativa do Caronetas – Caronas inteligentes:

Caronetas é um site de caronas que integra colaboradores de empresas e centros comerciaiscom trajetos similares,compartilhando custos e ajudando o trânsito e o meio ambiente.

Após o cadastro e a aprovação da empresa, seus colaboradores podem se inscrever, sendo aprovados pelo e-mail corporativo ou por um responsável, aumentando a segurança. O cadastro é gratuito para a empresa e para o usuário.

http://caronetas.com.br/

Moral da história: trabalhar por cidades menos poluídas e mais limpas é um dever de todos!

Leia Mais

Poluição Ambiental – conceito e importância do tema

A poluição ambiental é qualquer alteração de um ambiente (ar, água e solo) que resulte em prejuízos aos organismos vivos ou prejudique um uso deste ambiente.

Os impactos ambientais são consequência das ações do homem, da interação entre o homem e o meio ambiente.

A definição de impactos ambientais é “cadeia de efeitos que se produzem no meio natural e social (antrópico), como consequência de determinada ação.”

Os impactos ambientais podem ser reversíveis ou irreversíveis, positivos ou negativos, diretos ou indiretos, temporários, permanentes ou cíclicos.

A pesquisa cientifica sobre a natureza e biodiversidade é muito importante, para que o homem compreenda como os recursos naturais se recuperam antes de utilizá-los.

Leia Mais

Impacto do derramamento de petróleo em organismos aquáticos amazônicos será avaliado por pesquisa do INPA

É uma pena que a avaliação dos impactos provocados pelos empreendimentos seja feita depois, e não antes. Porém, estudos desse tipo são louváveis, pela dedicação e esforço que exigem, e grande contribuição que trazem para a ciência.

Estudo avaliará impacto de derramamento de Petróleo em organismos aquáticos amazônicos

Por Wallace Abreu, do Inpa

A área estudada é explorada para obtenção de petróleo e gás natural.

Avaliar a toxidade do petróleo e do petróleo dispersado nas águas branca e preta da região amazônica e os efeitos destes sob o Tambaqui (Colossoma macropomum) são os principais objetivos da tese de doutorado de Helen Sadauskas Henrique, intitulada “Aspectos ecofisiológicos e ecomorfólógicos da espécie Colossoma macropomum exposta ao petróleo e ao petróleo quimicamente dispersado em água branca e preta da Bacia Amazônia”.

A pesquisa será realizada pelo Programa de Pós Graduação em Ecologia (PPG-Eco) do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCT), sob orientação da pesquisadora Vera Val do Laboratório de Ecofisiologia e Evolução Molecular (LEEM) e co-orientação de Marisa Narciso Fernandes da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

“O estudo contribuirá com importantes informações para futuros planos de manejo e conservação de recursos naturais. Esperamos fazer uma revisão geral dos dados gerados em laboratório e coletados em campo, a fim de traçar perspectivas de manejo ambiental e tomada de decisões frente a possíveis efeitos em grande escala de derrames de petróleo, levando em consideração a crescente exploração de petróleo na região”, comenta Helen.

De acordo com Helen, serão realizadas pesquisas em laboratório e coleta em campo nas proximidades da Província Petrolífera do Urucu (PPU), localizada no município de Coari, interior do Amazonas. “Esta área é uma das maiores responsáveis pela produção de gás natural e petróleo do país. Tanto os rios de água preta quanto os rios de água branca estão propícios aos efeitos de derramamentos crônicos ou agudos de petróleo”, afirma.

A doutoranda declara que o tambaqui foi escolhido como espécie modelo por quatro motivos: presença nos dois ambientes a serem estudados, grande importância econômica, alta sensibilidade ao petróleo, e existência de pesquisas sobre os efeitos do petróleo na espécie. O início das pesquisas de laboratório está previsto para começar a partir do ano que vem.
Fonte: (Envolverde/Inpa)

Leia Mais