Informação para um mundo melhor! Idéias para o desenvolvimento sustentável!

Problemas Ambientais: causas, efeitos e soluções.

Recuperação Ambiental em Cubatão-SP / Pedagogia - Uniararas

-

Mais vídeos de Problemas Ambientais.

La Comunidad de Verdum se encuentra en la salida a Bogotá. Es una invasión que dada su cercanía al rio se ve afectada por el nivel de desperdicios que arrojan las fabricas del sector de Malteria. UN VERDADERO PROBLEMA AMBIENTAL Y SOCIAL.
Verdum - Una Realidad En Manizales.
Vídeo produzido para I Oficina de Gestores Ambientais da Prefeitura Municipal de São Vicente (SP), baseado no vídeo Meio Ambiente: e EU com isso?, do Colégio COC Novomundo Praia Grande (SP)
Meio Ambiente? Não..Ambiente INTEIRO
Conheça o site dos Vigilantes da ÁguaO Programa Vigilantes da Água Global ou Global Water Watch surgiu no Alabama/EUA, na Universidade de Auburn, e espalhou-se por diversos países como Filipinas, Equador e Indonésia. No Brasil, o Programa teve sua experiência pioneira no Vale do Jequitinhonha, região semi-árida de Minas Gerais, com o Fundo Cristão para Crianças, e iniciou no Estado do Ceará em 2006, através de projeto da Embrapa Agroindústria Tropical, de Fortaleza. Tem como objetivo geral monitorar a qualidade de fontes de água utilizadas para consumo humano, baseado na capacitação e formação de agentes ambientais pertencentes à própria comunidade, denominados Vigilantes da Água.O trabalho dos grupos de Vigilantes da Água consiste no monitoramento das fontes de água existentes nas comunidades onde estes atuam. São empregados princípios elementares de educação ambiental, como também técnicas simples e didáticas de análise da qualidade da água, por meio de oficinas de capacitação e formação, que permitem a obtenção de informações sobre possíveis problemas de poluição e degradação das fontes de água que abastecem as comunidades. Para a análise da água, eles recebem kits de monitoramento, certificados pelo programa GWW  Global Water Watch, que avalia a presença de coliformes totais e fecais na água de consumo humano.O site do programa é www.cnpat.embrapa.br/vigilantes
Vigilantes da Água - Dia de Campo na TV dia 21/11/2008
vídeo ambiental mostrando a degradação do meio ambiente na cidade de Congonhas, Minas Gerais, Brasil. O vídeo procura mostrar a beleza da cidade e contrastar com os problemas trazidos pelas mineradoras presentes na cidade e também conscientizar os próprios cidadãos que não se preocupam em cuidar do meio ambiente.
Você também é responsável
Compartimos con todos este video y en especial a los colegas de Ingeniería Ambiental.A ver si nos pueden ayudar a concientizar a la humanidad, este problema es uno de los cuales se ha dejado de lado ultimamente, no olvidemos que en Perú ya no existe Pastoruri, ¿ que desaparecerá después ? ......A pensar !!!!!
Pedro Suarez Vertiz - Promoviendo el Medio Ambiente - El Agua del Amazonas
 
Dezenas de especialistas de todo o mundo se reuniram em São Paulo na última semana para o congresso Ar Limpo  Transporte sustentável e mudança climática, que discutiu soluções para os complexos problemas ambientais criados pelos meios de transporte nas grandes cidades. A quase totalidade dos palestrantes mencionava a cidade de Bogotá (Colômbia) como paradigma, quando se tratava de defender que um transporte sustentável é possível.O segredo de Bogotá é ter conseguido convencer seus cidadãos de que é preciso ter uma cidade que inclua as pessoas e não os carros, afirma Oscar Edmundo Diaz, diretor-executivo do Instituto para o Desenvolvimento de Políticas de Transportes (Nova York  EUA), e assistente do ex-prefeito de Bogotá, Erique Peñalosa na New York University.A cidade de 6,5 milhões de habitantes sofreu uma modificação radical durante a gestão Peñalosa, de 1998 a 2001. A pedra de toque da revolução nos transportes foi o Transmilênio, sistema semelhante ao de Curitiba, com ônibus expressos circulando em canaletas elevadas, com pagamento antecipado de tarifas e embarque em estações elevadas. O importante é criar um bom transporte público. Em todas as partes do mundo onde as classes altas usam transporte público, só fazem isso porque é mais rápido e mais econômico que o carro.O carro perdeu espaço nas ruas de Bogotá. A diferença salta aos olhos quando se comparam fotos do centro da cidade antes e depois da virada do século. Antes, havia engarrafamentos intermináveis calçadas cobertas de carros estacionados. Hoje não se pode dizer que não haja engarrafamentos, mas a população aprendeu a respeitar o espaço do pedestre. Estacionar na calçada é como construir um puxadinho no espaço público. Quando decidimos acabar com isso, muitos reclamaram. Mas o direito ao estacionamento não está em nenhuma Constituição. É um problema privado, que requer uma solução privada, com recursos privados, diz Diaz.Quando Peñalosa começou sua administração e mostrou, logo no início, sua disposição em tirar espaços dos automóveis, o reflexo na popularidade foi inequívoco: 18% de aceitação e 77% de rejeição. Houve inclusive um movimento pró-impeachment, que não vingou. O que fez a diferença em Bogotá, é que tivemos um político especial, que não governa de acordo com as pesquisas de opinião, mas de acordo com um plano e uma missão de cidade. Tomava decisões sem se importar com o risco político que estava correndo.Decididamente não foi fácil para muitos habitantes receber a notícia de que a prefeitura decidira desistir da construção de um grande viaduto elevado (projeto semelhante ao do Minhocão, em São Paulo) numa via movimentada do centro. Decidimos não fazer. O resultado foi que as vias do centro ficaram mais congestionadas ainda. Era exatamente o que queríamos, afirma Diaz.Os recursos públicos do Minhocão de Bogotá foram investidos, segundo Diaz, em ciclovias, saneamento básico e recuperação urbana, sobretudo das áreas de pedestres. Não havia ciclovias em Bogotá até 1998. Hoje, são 330 quilômetros, utilizadas por 350 mil pessoas que vão ao trabalho de bicicleta todos os dias  incluindo Oscar Edmundo Diaz, quando ainda morava em Bogotá. As ciclovias são integradas com terminais de transportes coletivos. Os ciclistas pedalam livremente, zombando dos motoristas parados nos engarrafamentos.Hoje, 21% dos usuários do Transmilênio possuem um carro, mas o deixam na garagem para ir ao trabalho, porque é mais rápido e econômico ir no coletivo. Construímos jardins da infância, colégios, piscinas, bibliotecas nas áreas pobres de Bogotá com recursos das obras viárias. Colocamos em segundo inclusive os metrôs, muito caros. É preciso decidir prioridades.O local onde seria projetada uma autopista de oito faixas ganhou, no lugar da estrada, um parque linear de 45 quilômetros, para pedestres e ciclistas, passando por um bairro pobre. Não aceitariam isso em São Paulo, ouço dizer aqui. Mas a maioria não aceitou também em Bogotá. Começaram a perceber depois as vantagens de se ter uma cidade voltada para a pessoa, diz Diaz. Apenas no último ano de mandato a popularidade de Peñalosa foi restabelecida, com 50% de aprovação.Outro projeto redesenhado foi o do asfaltamento de áreas pobres da periferia. Para que asfaltar se as pessoas ali não têm carro? Para elas comprarem um? Para dar uma aparência de desenvolvimento? Eles não precisavam disso, mas de creches e escolas. Em vez de asfaltar, construímos lindas ciclovias ao lado das ruas de terra, conta Diaz.
UNIDADE 2022, reflexôes em ciclovia
uyyyyyy
problema ambiental
Video realizado por Marina, Elisa, Rocío y Paloma, del Colegio de la Presentación de Málaga, sobre los problemas ambientales de las ciudades.
¿Te gusta la ciudad?
Video de una fuga de agua negras en la calle Centenario, Col. Las Conchitas en Cd. Madero, Tamaulipas, esto representa un foco de infección y contaminación, pues el Seguro Social se encuentra ubicado a menos de 600 metros de distancia, ¿dónde está la eficiencia de nuestras autoridades?, estas aguas negras llegan a la Laguna del Carpintero, contaminando un lugar turístico de la ciudad, y al mismo tiempo es el hábitat para decenas de cocodrilos que viven en esta laguna, este problema ya lleva una semana y COMAPA no ha hecho nada por solucionar el problema.
Crimen ambiental Cd. Madero
Soluções para os problemas ambientais são buscadas por instituições governamentais e pela sociedade civil, que tenta colocar em prática iniciativas de preservação, recuperação e conservação ambiental. Conheça nesta edição do Repórter Justiça, programa da TV justiça, quais são os questionamentos mais comuns sobre o assunto. Entenda também quem paga a conta do desmatamento.
Soluções para os problemas ambientais são tema do Repórter Justiça (2/3)
 
Taller con participantes de la comunidad con Graciela Scorzo y Antonio BrailovskyMedidas de seguridadPlanes de contingencia de máxima  Leyes que prevean y obliguen el uso de materiales, objetos seguros ? Respetar el código Planeamiento urbano teniendo en cuenta el riesgo ambiental?  Edilicios: casas pensadas para la salud (luminosidad,  calefacción ventilación, materiales de construcción pinturas  etc.)Ver lo ambiental desde las dos veredasLa comunidad debe aprender a reclamar. Constitución y acción sobre los problemas. Lograr convivencia y compromiso por parte de todos los actores Tratar comunitariamente las problemáticasCuando los problemas locales y surgen espontáneamente como aquí hay problemas de comunicaciónSe debe reforzar el intercambioCuando las personas están sensibilizadas por otras causas  reaccionan inmediatamente a cualquier estímulo irritante  (plátanos sin que sea esa sola la causa)Reuniones con especialistas para lograr consensoAccidentes de transito problema grave pendiente.Deben mantenerse sanciones y multas duras serias para faltas Agresiones ambientales(Usar bidones de agroquímicos para reciclar, hacer bolsas, emplear contaminantes a sabiendas de los daños que causan, control de residuos patológicos, químicos, etc.)Arrojar a las cañerías contaminantes en la especulación de que ya no están (abuso de las colectoras)Los olores son un llamado de atención. Marcan la presencia microbiana que deben controlarse y monitorearse. Obras sanitarias: análisis químicos del agua potable UIMBA control y monitoreoLa turbidez no necesariamente la convierte en no potable.Prioridades ambientales  Agua AireSueloEnergía Usar energías alternativas no contaminantes: bicicleta, solar, eólica, optar por GNC es menos contaminante.Tabaquismo: Continuar con prevención hacia la educación, para propender a que los niños y adolescentes no comiencen a fumar igual para otras sustancias adictivas.Docentes  y equipo de salud (actores principales en la toma de conciencia.) Determinar que cuando no se puede intervenir en el reciclado o recuperación debe volverse el residuo al origen vendedor importador fabricante (pilas, baterías transformadores con PCB)No exponer a las personas a recolectar  productos contaminantes sin equipos de protección.Cuidar que no todos los lugares son aptos para la acumulación de productos a la espera de una disposición final.
ANTONIO BRAILOVSKY-GRACIELA SCORZO-JORNADAS HABLEMOS DE ECOLOGÍA
Há uma grande diferença entre a população pobre e a de bom poder aquisitivo no que se refere à mortalidade infantil, às doenças infecciosas como tuberculose e cólera e a exposição à poluição aérea. Problemas psicossocias também estão relacionados com depressão, alcoolismo, uso de drogas ilícitas, suicídio, violência e homicídios. E mais frequente a população carente ser vítima de assaltos, estupros e assassinatos. A violência e vulnerabilidade dos pobres aumentam devido à crescente ausência de oportunidades de emprego. A pobreza, dessa forma, torna-se muito mais que a simples ausência de renda. A miséria urbana é o mais importante fator de risco ambiental de saúde, quando está associada com ausência de bens físicos, influência política e acesso a serviços sociais básicos. Mesmo com os progressos em moradia, em algumas cidades, desde 1990, há um crescimento contínuo do número de pessoas expostas a riscos urbanos. Os governos usualmente se esquecem que uma importante contribuição para diminuição da pobreza é a produção de obras de moradia e saneamento básico. (2003)
O Ciclo Vicioso da Pobreza
Video de apoyo para el Taller: Problemas ambientales de México y el mundo: Herramientas para su tratamiento desde la escuela
SOS Tierra
opiniones de los pobladores responsables de la contaminacion ambiental
el problema real de la basura
ESMIUÇAR COPENHAGA - Vídeo participante - Escalão AAutor(es):ecoValsassina, Colégio Valsassina. Lisboa. ecovalsassina@hotmail.com Beatriz Costeira (anabiatriz94@hotmail.com); Filipa Mendes (filipamendes92@hotmail.com); Margarida Costa (smile_margarita@hotmail.com); Rita Ferrito (tita_1451@hotmail.com); João Gomes (mouragomes.j@gmail.com).Síntese:A Tua Energia é Poderosa este é o elemento que pretendemos destacar no presente vídeo.A humanidade já deu provas que é possível união em torno de problemas ambientais globais. A recuperação da camada de ozono, como resultado do Protocolo de Montreal é a prova disso. Mas, combater as alterações climáticas tem-se revelado um problema de difícil resolução. De modo a suscitar o debate e reflexão em torno deste problema pretendemos dar a conhecer a perspectiva de um político, um representante de uma ONG, assim como de cidadãos comuns.Qual o nível de preocupação dos portugueses, o que estão a fazer em prol do ambiente? Por que motivo a esperança era tão elevada para a Cimeira de Copenhaga e que dela saiu? São alguns dos temas tratados no vídeo.Pretendemos deixar uma visão optimista e pró-activa. Está nas mãos de todos a solução, só depende da nossa Energia
A Tua Energia é Poderosa
 
Segunda video reportagem da serie Miraterra in Action onde relatamos problemas ambientais, principalmente no municipio de Rio Claro
MIRATERRA ACTION AV 56A 0001
Super legaaaaal o;
Aula de PAC
A ong SOS PRAIAS BRASIL que realiza ações de conscientização e educação ambiental em praias do litoral brasileiro leva sua campanha SAVING THE PLANET também para a Megarampa 2009 no Sambódramo do Anhembi em São Paulo. Com o intuito de chamar a atenção da população para os problemas causados pelo Aquecimento Global o Pinguim Eco, personagem de um pinguim imperador, raça já em extinção pela ação do aquecimento terrestre, desfilou pelo evento carregando uma placa para alertar os presentes.
SOS PRAIAS BRASIL na Megarampa 2009
Para activar los subtitulos debes picar en el icono en forma de triangulito ubicado en el extremo derecho de la barra de control del video. Pueden bajar los subtitulos en formato SRT desde aqui: http://www.megaupload.com/?d=RK4R64NHEn el transcurso de 30 años de operaciones en el territorio indígena achuar en la Amazonía peruana, la empresa petrolera Occidental Petroleum Corporation (Oxy), con sede en Los Angeles, California, a sabiendas realizó prácticas destructivas que severamente contaminaron ecosistemas únicos y sensibles, y que resultaron en impactos profundos a los derechos y la salud de las comunidades que residen en el área. Bajo la sucesora de la empresa, Pluspetrol, los patrones de abusos de los derechos humanos y del medio ambiente continúan con toda su furia. Hoy, las comunidades achuar viven con el legado de daño de Oxy, que consiste en la contaminación extrema de sus tierras y sus vías fluviales, un trastorno en su capacidad de pescar, cazar y sembrar cultivos y problemas de salud persistentes, entre ellos el envenenamiento generalizado por el plomo y cadmio.En 1984, la Oficina Nacional de Evaluación de los Recursos Naturales, una instancia del Gobierno peruano, declaró que el Lote 1AB era la región ambiental más dañada del país.En el año 2000, Oxy vendió su concesión a Pluspetrol, una empresa argentina que sigue usando los sistemas y la infraestructura diseñados y establecidos por Oxy. Aunque la empresa responsable del Lote 1AB puede ser diferente, su modus operandi es el mismo. Los patrones destructivos de Oxy y consiguientes daños a los derechos humanos y al medio ambiente son iguales bajo el régimen de Pluspetrol.http://www.contaminacionpetrolera.com
LEGADO DE DAÑO: La Selva Peruana contaminada por OXY y PLUSPETROL (Subt Español ...
Aprenda ferramentas tais como.... Comunicação Confiança Cooperação Criatividade Interdependência Liderança Perseverança Trabalho em equipe Auto confiança Resolução de problemas O curso cordas è uma variedade de obstáculos desenhados com o propósito de desafiar os limites, físico, mental e emocional dos participantes. Muitos dos obstáculos, ou elementos, são também desenhados para encorajar o trabalho em equipe de forma a alcançar alvos específicos, sendo então uma ferramenta excelente para grupos, negócios, escolas e outros mais. Cada elemento è feito de vários cabos, madeira, cordas, pneus e árvores locais. O terreno com árvores prover um espírito de aventura pra cada grupo do curso. Os participantes do curso cordas são colocados em grupos de 8 - 12 pessoas e então levados a passar pelo curso por um facilitador treinado. Nosso curso cordas è composto de cerca de 8 (estamos sempre adicionando mais) elementos altos, e de 10 ou mais elementos baixos e centenas de elementos moveis que irão ambos desafia-lo e satisfazer seu desejo de vencer os obstáculos de sua vida. Frases de participantes do curso cordas. (Quotes from past participants) Humildade me ajudou a sarar enquanto eu literalmente tive que enfrentar um muro, um muro muito alto no curso cordas. Minha equipe trabalhou comigo (congelada) pra que eu conseguisse vencer com sucesso esse desafio. Isso me mostrou que temos uma parte importante a cumprir na vida de cada um. Participante - Rhonie É surpreendente ver um grupo de indivíduos se tornar uma equipe e ao mesmo tempo esta dispostos a mostrar suas forças e fraquezas uns aos outros. As pessoas ganham auto confiança, vencem o medo e crescem na dinâmica e nas habilidades de grupo e ao mesmo tempo se divertem ao máximo fazendo isso. Jeff - Diretor do Cordas em Salem, OR - EUA.(mais)
Curso Cordas
 
Naturaleza muerta (2001)Comenten y puntúen ^_^Cómo replantear la situación pidiendo perdón?,cómo anticipar tu reacción diciendo que no?El vacío que dejas es tan difícil de llenar.Cómo disimular desilusión teniendo razón?La tormenta se carga de electricidady la niebla no nos permite continuar.Turbulencia que tú y yo no sabemos evitar,estamos inversos en un vendaval.Cómo desactivar la tentación oyendo tu voz?,cómo improvisar la solución sabiendo el error?Condiciones adversas, calidez invernal,importante descenso de la temperatura ambiental.El silencio se carga de fatalidady la nieve no nos permite avanzar.Malos vientos que tú y yo no podemos esquivar.Entramos de lleno en un temporal.
Fangoria - Cómo solucionar problemas del corazón en condiciones atmosféricas adversas?
-
Conocer Java, Bali y Celebes Indonesia 6/2
Parte II, Pirólisis y gasificación: el Dr. Jorge Emmanuel, consultor ambiental e ingeniero químico, brinda una explicación sobre el funcionamiento y los problemas que conllevan las tecnologías de pirólisis, gasificación y plasma.
Pirólisis, gasificación y plasma: Parte II
Pedido de Instalação de mina de fosfato na nascente do rio Pinheiros em Anitápolis SC Brasil, gera preocupação em estudantes de cidades que se utilizam das águas do rio para o abastecimento e consumo.O órgão oficial de licenciamento e fiscalização ambiental do estado de Santa Catarina ao sul do Brasil, já havia emitido a licença para a implantação do empreendimento. A Ong Montanha Viva ingressou na justiça, pedindo a anulação da licença, O ministério Público Federal, aceitou a denúncia e concedeu liminar favorável, parando o empreendimento.Para reforçar os argumentos contrários, e examinar os riscos aos recursos hídricos de tal atividade na região, está sendo realizada uma audiência pública, na cidade onde o rio tem seu estuário, junto as belas lagoas antes de antigir o oceano Atlântico.Ambientalistas, políticos e técnicos, participaram recentemente de programa de TV para alertar a população dos problemas ambientais e dos risco, caso o projeto venha ser implantado, pois após esta liminar da justiça, a área que contém o minério foi vendida para a Companhia de mineração VALE. Com o empreendimento nas mãos desta grande mineradora, cresce o temor na população que a VALE recorra a justiça para retomar ao projeto.
Colégio Espaço Debate Fosfateira ECOTV00020
Este vídeo mostra os problemas sociais e ambientais criados como consequência do nosso hábito consumista, apresenta os problemas deste sistema e mostra como podemos revertê-lo, porque não foi sempre assim.Dublagem: Nina GarciaBaixem em melhor qualidade aqui:http://www.sununga.com.br/HDC/index.p...
Golaço de Diego Souza do meio campo no jogo Palmeiras 3 x 1 Atletico MG ...
 

Categorias