Informação para um mundo melhor! Idéias para o desenvolvimento sustentável!

Problemas Ambientais: causas, efeitos e soluções.

Gatos que deixam marca de urina em casa

Há muitos donos de gatos que aparecem com a queixa de encontrarem marcas de urina em vários locais da casa. Nestas situações, e em primeiro lugar, há que definir muito bem se se trata de uma verdadeira marcação ou de outro comportamento associado a aversão ao caixote ou à areia, a problemas orgânicos como cistites, a stress ambiental, etc. Estes problemas comportamentais têm causas muito distintas e, assim, tratamentos diferentes.Tratando-se de uma marcação territorial, a quantidade de urina é menor e em superfícies verticais, sendo que este problema surge principalmente em machos não castrados, e a resolução do problema passa de facto pela castração do animal. Nas restantes situações a castração, por si só, não resolve o problema e, nesses casos, existem dois dos aspectos fundamentais da terapêutica comportamental que devem ser realizados: a criação de uma zona segura e de um enriquecimento ambienta.- A zona segura é um local onde o animal se pode esconder, de onde nunca é retirado nem manipulado, perto dessa zona deve existir comida, água, e uma caixa de areia, e deve ser colocado um difusor de feromonas faciais, que actua como apaziguar e redutor do stress.- O enriquecimento ambiental consiste em tornar o ambiental o mais semelhante possível ao ambiente natural dos felinos. Para isso deve ser feita uma estimulação ambiental através de plataformas, onde o gato pode explorar o espaço, deve ser feita uma estimulação olfactiva, visual e através de objectos pendurados, brinquedos escondidos onde possam ser colocados pedacinhos de comida ou que contenham cat-nip (erva gateira), brinquedos com movimento e som. É de salientar que o enriquecimento ambiental deve ser proporcionado a qualquer gato que viva num apartamento.Dúvidas, Achados, Adopções e muito mais você encontra no Portal Bichos & Bichos. www.bichosebichos.comPet Shop, petshop lisboa, petshop Portugal, ração animal, ração cão, gato, peixes, pássaro, roedores, petshop online.

Mais vídeos de Problemas Ambientais.

Descripcion del calentamiento global
calentamiento global un problema de todos
El Programa GLOBE observaciones y Mediciones Ambientales en beneficio del ambiente es desarrollado por estudiantes de un Area Natural Protegida en los andes occidentales del sur del Perù.estas actividaes permiten a los estudiantes convertise en sensibilizadores de sus comunidades en relacion a los problemas ambientales
Innovación y Monitoreo Ambiental con el Programa Globe en un ANP
Vídeo produzido para I Oficina de Gestores Ambientais da Prefeitura Municipal de São Vicente (SP), baseado no vídeo Meio Ambiente: e EU com isso?, do Colégio COC Novomundo Praia Grande (SP)
Meio Ambiente? Não..Ambiente INTEIRO
O curso tem como objetivo formar profissionais habilitados a administrar e desenvolver empreendimentos a partir das novas tendências de gestão organizacional e ambiental utilizando-se das mais modernas tecnologias, podendo interferir socialmente a favor da preservação e do desenvolvimento sustentável. O profissional deve possuir as competências e habilidades necessárias para diagnosticar problemas ambientais, gerenciar e coordenar a viabilização e implementação da solução ambiental e pode atuar em empresas, nas instituições responsáveis pelas políticas públicas de meio ambiente ou mesmo em organizações do terceiro setor.Cursos de Graduação - Centro Universitário Senachttp://www.sp.senac.br/vestibular
O bom profissional de Meio Ambiente
Moradores interditaram hoje a estrada que liga a balsa, em Laguna, à praia do Camacho, em Jaguaruna. O protesto é feito porque a reivindicação de asfaltamento ainda não foi atendida pelo governador estadual. Na última sexta-feira, quando o governador Luiz Henrique havia prometido que, no dia em que inaugurasse a pavimentação da SC-487 lançaria também edital de licitação para asfaltamento da estrada até Laguna. Em resposta, Luiz Henrique argumentou que o problema tem a ver com a falta de licenciamento ambiental
MANIFESTACAO ESTRADAS FAROL
 
Desenho animado do peixinho da ANVIG falando sobre problemas ambientais
Anvig
A ONG, ARVI tem por objetivo promover um trabalho social através de atividades de oficinas que buscam desenvolver as habilidades pessoais em design e criação de peças e artefatos a partir da reutilização de materiais como pneus e garrafas pet. Nosso público alvo são os jovens, donas de casa e idosos. Estas atividades estão fundamentadas em duas dimensões distintas e indissociáveis: a preservação do meio ambiente através da educação ambiental e a inclusão da população através das oficinas. A ação de preservação do meio ambiente se dá através do reaproveitamento de todo o material, antes jogado no lixo, para ser matéria prima na produção de artigos de artesanato. Neste sentido, percebemos o nosso potencial como mediadores no processo de reeducação e preservação ambiental, diminuindo o volume de lixo inorgânico na natureza e, ao mesmo tempo, diminuindo exploração de recursos naturais como madeira e metais. A ação de integração e o comprometimento do individuo ao projeto se dá através da geração de renda para a família e a requalificação da mão de obra da comunidade de atuação do projeto, contribuindo também para minimizar os problemas gerados pela violência urbana.
Arte com Pneu - Josimar Silva-Brasil
Yann Arthus Bertrand de la famosísima serie francesa VU DU CIEL queria dedicar el próximo capítulo de la serie al problema de la represa Yacyretá. Siendo que es un programa que llega a 100 millones de personas en 20 países era una gran oportunidad para dar a conocer los atropellos de la EBY a nivel mundial (el capitulo fue estrenado en mes de septiembre, 2008).A mediados de febrero llegaron a Posadas, Misiones. Durante la primera jornada entrevistaron a un grupo de afectados que resisten el desalojo en el barrio ribereño el Brete. El día siguiente retrataron las pésimas condiciones en que vive la gente relocalizada ya por Yacyretá.En todo ese tiempo se sentía una exagerada y amenazadora presencia de las camionetas de la EBY y la policía.Los franceses querían completar el material con tomas aéreas del embalse y la presa pero no recibieron permiso de sobrevuelo. Para el colmo todo el equipo fue detenido en un aparatoso operativo de las fuerzas de seguridad, bajo un absurdo pretexto de no haber pagado a una empresa turística del Pto. Iguazú. Para Bertrand que desde la Comisaría 1 de Posadas se estaba comunicando con el presidente Sarkozy la situación no dejaba lugar a dudas: Fuimos victimas de un verdadero complot armado por las autoridades argentinas para encubrir el escándalo de la represa Yacyretá.  Vaya a saber hasta donde llegan los tentáculos del pulpo.para mas info ver:http://yacyreta.info/www/
Yacyreta en VU DU CIEL 2 parte
Declaraciones de Marvin Guzmán, Secretario General del Sindicato Democrático del ISA.   El 29 de mayo más de dos mil trabajadores del Ingenio San Antonio y Compañía Licorera de Nicaragua vinieron a Managua para manifestar su respaldo a estas empresas, que están siendo objeto de una campaña de difamaciones sin fundamento técnico y científico alguno, por parte de la Asociación Nicaragüense de Afectados por Insuficiencia Renal Crónica (ANAIRC) y la Federación Internacional de Trabajadores de Alimentos y Bebidas (UITA).A la cabeza de los trabajadores marcharon los principales dirigentes de todos los sindicatos existentes en el Ingenio San Antonio y Compañía Licorera, así como los líderes nacionales de las confederaciones sindicales: José Espinoza Navas, Confederación de Unidad Sindical (CUS), Roberto González, Central Sandinista de Trabajadores (CST), Carlos Martínez, Confederación de Unidad Sindical Autónoma.Los trabajadores y sus dirigentes rechazaron la campaña de boicot a Flor de Caña que viene impulsando ANAIRC y dieron fe de los procesos productivos que, apegados a normas nacionales y certificaciones internacionales de calidad, realizan tanto Nicaragua Sugar como Compañía Licorera.Los manifestantes se dirigieron en primer lugar a las oficinas del Ministerio del Trabajo donde, a la vez que entregaron una carta a la Ministro Jeannette Chávez, sostuvieron una reunión con ella y solicitaron sus buenos oficios para obtener una audiencia con el Presidente de la República. Posteriormente se trasladaron al Centro BAC donde los dirigentes sindicales fueron recibidos por el Presidente del Grupo Pellas, Don Carlos Pellas Chamorro y por varios ejecutivos de Nicaragua Sugar.Durante este encuentro, los líderes sindicales expresaron su total solidaridad con el Grupo Pellas y sus empresas y obtuvieron las garantías de que tanto NSEL como CLNSA no se dejarán amedrentar por la campaña ignominiosa y que continuarán hacia adelante con sus actividades empresariales, comprometidos con el éxito de las mismas, la estabilidad laboral y sus políticas de Responsabilidad Social y Ambiental.Asimismo se abordó el problema de la IRC en su justa dimensión, como una enfermedad que afecta a millones de personas en el mundo y que se presenta en diferentes regiones de Nicaragua. NSEL continuará impulsando, en el marco de sus políticas de Responsabilidad Social, acciones a favor de los afectados por esta enfermedad en la región del Occidente del país.Para más información visite www.laverdadnsel.com.
Nicaragua: Rechazo a campaña de ANAIRC contra Grupo Pellas y Boicot Flor de Caña
Karen escucha atentamente a Susana donde explica y cuenta sobre los problemas existentes en El Fundo el Carmen de Quilpué y los verdaderos problemas con el PREMVAL. Karen presto mucha atención y que se mantenga informado de todos los pasos que se están siguiendo en este otropello medio ambiental en la zona.
Karen Doggenweiler y Susana Soto Jorratt en Quilpué
 
No Brasil, acredita-se que 80% dos municípios depositem seus dejetos em lixões a céu aberto. Esses depósitos poluem o solo; e o lixo queimado, o ar. Joel - presidente de uma cooperativa de catadores - trabalha em lixão. Há 19 anos, acorda cedo e toma o mesmo rumo, pertinho de casa - lixão da cidade Estrutural, na periferia de Brasília.Joel sabe dos riscos que corre ao viver do lixão, onde todo tipo de material tóxico pode ser encontrado, mas não vê alternativa: os R$ 1,2 que tira por mês vendendo o que pode ser reciclado alimentam toda a família.A poucos minutos da Esplanada dos Ministérios, em Brasília, o lixão da Estrutural é fonte de renda para cerca de 1,6 mil catadores, mas será fechado logo, o que resolve o problema ambiental. Espera-se que os catadores daqui sejam absorvidos pela empresa que vai administrar o novo aterro sanitário, na cidade satélite de Samambaia.Na Câmara, deputados reconhecem que o lixo não é só um problema de saneamento ambiental que deve ser enfrentado pelos governantes, mas também uma questão de esclarecimento do povo.Fonte: TV Câmarahttp://www2.camara.gov.br/tv
Lixo (Episódio 3 de 4) - Um retrato do cotidiano dos catadores de ...
Este video foi criado com objetivo de alertar as pessoas sobre os problemas ambientais que colocam em risco a raça humana na terra. O importante é fazer algo agora antes que a situação se torne irreversivel. Gostaria de mandar um grande abraço a minha namorada Cacá, valtinho e Dani, Leticia, Deraldo, Fabiano e Elisete, e a todas pessoas que estão realmente preocupadas e dispostas a refletir sobre suas atitudes.
Sal da terra - Compositor Beto Guedes
As imagens desse vídeo foram gravadas pela ONG ECO & VIDA no dia 21 de Janeiro de 2010, na Vila Cardoso na Cidade de Campo Limpo Paulista na confluência da Rua Bezerra de Menezes e Rua de acesso ao campo de futebol da Vila Cardoso.Segundo denúncia de moradores do referido bairro,devido as últimas chuvas, há mais de 2 meses nesse local,   formou-se um enorme lago com água parada, em meio a vegetação e a vários tipos de lixo que estão sendo jogados no local. Os moradores do bairro estão  revoltados com o descaso do poder público municipal e preocupados com o risco de contrair doenças, causadas por roedores, insetos e principalmente através da água, pela transmissão do  mosquito da  DENGUE, o qual causa doença infectocontagiosa causada por um tipo de arbovírus que pode causar até a morte de pessoas.Alguns moradores já fizeram várias denúncias, via telefone à Coordenadoria de Meio Ambiente,  pedindo providências para a solução,  mas até o presente momento o problema não foi resolvido. Uma vereadora residente no bairro esteve no local para averiguação, prometendo solução para o problema, mas infelizmente também até o presente nenhuma providência foi tomada.Conforme a Lei do Plano Diretor da Cidade de Campo Limpo Paulista, Capítulo III, do Saneamento Ambiental Integrado, Artigo 14, estabelece que: a política de saneamento ambiental integrado tem como objetivo manter o meio ambiente equilibrado, alcançando níveis crescentes de salubridade, por meio da gestão ambiental, do abastecimento de água potável, da coleta e tratamento de esgoto sanitário, da DRENAGEM DAS ÁGUAS PLUVIAIS, DO MANEJO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS  e do reuso das águas, promovendo o equilíbrio ambiental no uso e ocupação do solo.Nós da ONG ECO & VIDA, achamos que o setor responsável pelo Saneamento Ambiental da Prefeitura de Campo Limpo Paulista ( Coordenadoria de Meio Ambiente), deve tomar provid~encias urgentes para efetuar o esgotamento dessa água parada e fazer um levantamento e estudos, para evitar que o problema ocorra novamente.Nós da ONG ECO & VIDA estamos solidários com os moradores do local, por isso estaremos enviando uma notificação ao sr. Neive Nogueiro, Coordenador de Meio Ambiente da Prefeitura de Campo Limpo Paulista e na sequência representação de denúncia ao Ministério Público da cidade
Risco de DENGUE em Campo Limpo Paulista
filme sobre o problema ambiental, projeto do Rotary Club Internacional junto com os clubes de Votuporanga.
rotary - meio ambiente
JUAN NICASTRO. AYUNANTEBarilocheasambleadebariloche.blogspot.comasambleadebariloche@gmail.comtomemos@gmail.comBARILOCHE SE ESTA CONVIRTIENDO EN LA RIO DE JANEIRO DE LA PATAGONIA... pero no se puede controlar el impacto ambiental que esto conlleva.Crece sin control el consumo de energía, la basura, colapsa el sistema cloacal, ya tenemos mas de 130mil habitantes...  pero el desempleogolpea fuerte en baja temporada y esto produce una ciudad muy desigual.En bariloche hay una parte rica que da al lago y otra parte muy pobre que da en su parte trasera...Esto tambien nos trae problemas de inseguridad como producto de tanta desigualdad.A todo esto se le suma la explotacion minera en la zona de la estepa de Bariloche.  Y la lucha de ESQUEL fue la motora para que Barilochey todo Río Negro se movilice y organice. Asi fue que se logró que en Río Negro se prohiba el uso de cianuro y con esto se intenta poner un límite a la megamineria, aunque sabemos que esto no es suficiente para frenar a estas corporaciones y su tecnología contaminante.Río Negro entendió que su lucha de resistencia no es sufuciente y por eso nos integramos a la UAC y hoy estamos aquí.Es necesario unirse, debatir a fondo estos temas; qué energía necesitamos y para quienes... y cómo vamos a preservar el agua que esnuestra principal riqueza.Actualmente el lago Nahuel Huapi ya esta empezando a contaminarse!!!  La problemática del agua ya no es motivo de análisis para el futuro,ES UN PROBLEMA REAL HOY!!!
NO A LA MINERIA A CIELO ABIERTO
 
Desforestación, rellenos sanitarios, contaminación del agua, desertificación y biocombustibles fueron algunos de los temas tratados el pasado miércoles 12 de marzo en el inicio del Ciclo de Cine Ambiental realizado en el Auditórium del Instituto del Medio Ambiente de la Universidad de la Frontera.  Asistieron alumnos y docentes de dicha casa de estudios y que contó con la participación de los académicos Itilier Salazar, Félix Aliaga, Jaime Sierra y Rody Oñate el cual es funcionario del Programa de Naciones Unidas para el Medio Ambiente (PNUMA) quienes, luego de la proyección de los cortometrajes El Yugo y Alternativas que sufrió de algunos problemas de sonido e imagen, manifestaron sus apreciaciones acerca del deterioro del Medio Ambiente en el Planeta.Programa de Naciones Unidas para el Medio Ambiente, PNUMA,es un programa de Naciones Unidas que coordina las actividades relacionadas con el medio ambiente, asistiendo a los países en la implementación de políticas medioambientales adecuadas así como a fomentar el desarrollo sostenible.
Periodismo UFRO - Entrevista a Rody Oñate
Essas imagens foram gravadas no dia 11de Fevereiro de 2010 pela ONG ECO & VIDA por um de seus integrantes, as quais mostram a degradação ambiental da nascente localizada em frente à a Rua Rio Tejipió e nos fundos das Ruas: Rio Capeberibe e Portugal, Bairro do Jardim Santo Antonio - II em Campo Limpo Paulista, SP. Fizemos esse trabalho de imagens, devido aos pedidos de reclamações de vários moradores do bairro, as quais mostram  abandono total (há mais de um ano) em que se encontra o local, devido o assoreamento do leito da nascente, como: o acúmulo de mato, lixo, detritos em geral e do lançamento de esgoto in-natura lançado dentro do leito da nascente devido ao estouro de rede de esgoto que passa dentro do terreno da prefeitura. Segundo vários moradores próximos à nascente, o medo e o pânico tomou conta do local, uma vez que está havendo a proliferação de insetos, cobras e roedores, os quais estão  adentrando às suas residências, pondo em risco a saúde de todos. Notamos  também que além de todos desses transtornos vividos pelos moradores, existem algumas ocupações irregulares, ou seja. edificações construídas na faixa dos 30 metros em cada lado da nascente e muita erosão provocadas pelas devido a falta de plantio de mata ciliar.   Os moradores do bairro, estão revoltados com o descaso do poder público municipal, e SABESP, pois os mesmos já fizeram vários abaixo-assinados e reclamações junto à esses órgãos, mas até a presente nenhuma providência foi tomada. Outra reclamação dos moradores, que por várias vezes foram feitas à Prefeitura, é o não cumprimento do projeto do loteamento do bairro, o qual consta na planta do loteamento e no contrato de compra e venda dos seus lotes como área de lazer as faixas marginais da referida nascente.Nós da ONG ECO & VIDA estamos solidários com os moradores do local, pois vemos que tanto a prefeitura como a SABESP estão descumpindo várias  leis das esferas:  municipal (Plano Diretor e Uso e Ocupação do Solo), estadual ( decreto 8468 - CETESB) e federal ( Lei  4771 do Código Florestal Brasileiro - CONAMA.). Entendemos que se houvesse por parte da Prefeitura Municipal, o cumprimento das leis ambientais,  um planejamento sócioambiental, como mapeamento de Áreas de Preservação Ambiental  (APP) e a  fiscalização das mesmas esses problemas não estariam acontecendo. A ONG estará fazendo notificações à prefeitura e SABESP, para que esses órgãos cumpram com essas leis citadas acima, para que providências sejam tomadas.
Crime Ambiental em nascente de Campo Limpo Paulista
Enquanto as baleias estiverem no mar de Imbituba, as obras de ampliação do cais do porto do município vão continuar embargadas, e pelo menos 500 empregados, sem trabalho. Os órgãos ambientais afirmaram que os serviços de estaqueamento dos alicerces do novo cais prejudicam a reprodução da espécie, em extinção. O problema é que segundo a prefeitura, depois dessa paralização, iniciada em junho, a perda na arrecadação do ISS, Imposto Sobre Serviço, já chega a mais de R$ 500 mil
Obras no porto de Imbituba permanecem paradas
micro sobre el problema de la basura en Caracas. Realizado para la materia de economia de los desechos del postgrado de Desarrollo y Ambiente de la Universidad Simon Bolivar en Caracas, Venezuela.Los  videos presentados en este micro son cortesia de Televen y del grupo de estudiantes de la UBV del Tigre, edo. Anzoategui, Venezuela
Micro sobre la basura en caracas
No oeste catarinense, sete municípios se juntaram para solucionar os problemas causados pela degradação dos recursos hídricos na região. Foi, então, criado o Consórcio Iberê, que aplica uma metodologia de gerenciamento ambiental participativa, intermunicipal e integrada.
Consórcio Iberê
 
A lagarta acabou com o meu feijãoNesta teleaula você verá que as plantações podem ser atacadas por insetos herbívoros, ervas daninhas e fungos. Conhecerá três tipos de defensivos agrícolas: os inseticidas, os fungicidas e os herbicidas. Saberá que eles podem selecionar populações resistentes e, por isso, devem ser usados com muito cuidado. Além disso, descobrirá algumas técnicas que diminuem os problemas causados às plantações e evitam danos ao equilíbrio ambiental.Assista a outras teleaulas no videolog do Novo Telecurso:http://novotelecurso.blogspot.com
Novo Telecurso - Ensino Médio - Biologia - Aula 37 (1 de 2)
Quatro postos de combustível foram fechados hoje em Tubarão, devido a problemas de documentação referentes a questões ambientais. A ação envolveu Fundação do Meio Ambiente, Fatma, Ministério Público, policiais civil, ambiental e a AgênciaNacional do Petróleo
Postos de combustível são fechados em Tubarão
Sobre a Doença:A dengue é uma das principais doenças transmitidas por mosquito no mundo e um problema gravíssimo especialmente em países tropicais como o Brasil.Transmissão:É transmitido por mosquitos dos gêneros Aedes ou menos frequentemente Stegomyia, em climas ou estações quentes.Sintomas:Os sintomas iniciais são inespecíficos como febre baixa (freqüentemente vai a menos de 38°C) de ínicio abrupto, mal-estar, pouco apetite, dores de cabeça e musculares e por vezes sangramento fácil dos olhos e nariz.Prevenção:Deve-se evitar o acúmulo de água em possíveis locais de desova dos mosquitos. Quanto à prevenção individual da doença, aconselha-se o uso de janelas teladas, além do uso de repelentes.
Dengue (Aedes aegypti)
Feito com o objetivo de usar o humor para conscientizar sobre o problema da escassez de agua e criticar vicios da sociedade de consumoMusica: Pense em mim - Leandro e LeonardoIdéia Original: Fernando BezerraExecução: Alberto Oliveira Jr.
Pense em Mim - Meio Ambiente
Televilla Canal 8. Problema Ambiental en el Barrio Senderos de Paz
Problema Ambiental en el Barrio Senderos de Paz
 

Categorias