Informação para um mundo melhor! Idéias para o desenvolvimento sustentável!

Problemas Ambientais: causas, efeitos e soluções.

Represa Billings - Reservatório Da Região Metropolitana Paulista

Vídeo que foi colocado no dia 19 de abril de 2009 e foi retirado no dia 2 de julho de 2009 e agora eu que não sou mais dodremon, agora dodremom, porque só assim o Youtube reaceitou, eu o recoloco.A descrição era essa: Fiz esse vídeo sobre a Represa Billings. O vídeo conta 1 pouco do surgimento da Represa Billings, e apresenta Imagens de Mapas, e Fotos. A Represa Billings é o maior reservatório de água da Região Metropolitana de São Paulo. Tem aproximadamente 100 Km² e sua bacia hidrográfica estende-se por mais de 500 km², nos municípios de Ribeirão Pires, Diadema, Rio Grande da Serra, São Bernardo do Campo, Santo André e São Paulo. A oeste, faz limite com a bacia hidrográfica da Guarapiranga e, ao sul, com a serra do Mar. Seus principais rios e córregos formadores são o rio Grande ou Jurubatuba, Ribeirão Pires, rio Pequeno, rio Pedra Branca, rio Taquacetuba, ribeirão Bororé, ribeirão Cocaia, ribeirão Guacuri, córrego Grota Funda e córrego Alvarenga. A represa surgiu em 1925 para gerar energia elétrica e movimentar as principais indústrias de São Paulo. Na época, a carência de água e de recursos energéticos eram preocupantes. Para solucionar o problema, os engenheiros F. Hyde e Asa Billings desenvolveram o Projeto Serra, desviando o fluxo do Rio Tietê para o canal do Rio Pinheiros, a fim de movimentar as águas em direção ao reservatório Billings e gerar energia na usina de Cubatão. No entanto, diversos fatores, como a explosão demográfica, causaram uma série de inundações e a poluição das águas da represa. Em 1988 a reversão das águas poluídas foi paralisada por três anos. Em 1992, as Secretarias de Recursos Hídricos e Meio Ambiente decidiram que o bombeamento das águas do Rio Pinheiros seria realizado somente em algumas situações, como controle das cheias. A água da represa melhorou, porém há um outro fator que ameaçava sua existência: a crescente ocupação irregular e desordenada ao seu redor. Aproximadamente 700 mil pessoas vivem no entorno da Represa Billings, gerando problemas ambientais devido ao lançamento de esgotos domésticos e o desmatamento de áreas verdes. Em função do elevado crescimento populacional e industrial da Grande São Paulo ter ocorrido sem planejamento, principalmente ao longo das décadas de 1950 a 1970, a Represa Billings possui então os seus grandes trechos poluídos infelizmente. Apenas os braços Taquecetuba e Riacho Grande são utilizados para abastecimento de água potável pela Sabesp. A pesca amadora é muito praticada, devido às espécies de peixes encontradas, como tilápias, lambaris, carpas húngaras e traíras, entre outras.

Mais vídeos de Problemas Ambientais.

Documental con impresionantes imágenes que habla de las consecuencias del comportamiento humano en el equilibrio ecológico del planeta.Please if you want to help to spread the message, copy this link and insert it in your blog, web or what ever...http://www.youtube.com/watch?v=FitwSS...Thank you. La propuesta de este film es sencilla pero contundente. La raza humana nos hemos convertido en una plaga para la Tierra. No tenemos ningún depredador que nos controle con lo que hay una clara superpoblación. Mientras tanto, los políticos nos hablan del cambio climático (porque no les queda más remedio y seguramente porque alguno habrá honrado), pero pocos lo hacen de la superpoblación y es quizás un problema mucho mayor.La Tierra está superpoblada, especialmente en algunas zonas, faltan los recursos más básicos para la supervivencia, como es el empleo, la vivienda y la alimentación, así como otros imprescindibles como es el acceso al agua potable.Sin embargo, la frivolidad se impone y siguen primando unos valores que estimulan principalmente al consumo de cosas inútiles. En el film se hace una advertencia: o controlamos la natalidad o todo irá a peor. No se trata de distribuir lo que hay ya que aunque lo hagamos bien, estamos explotando en exceso los recursos de la Tierra, por ejemplo en los océanos en donde hemos diezmado la población de peces.Todo está conectado y la acción del hombre en un determinado nivel afecta a todos los demás en otro lugar. Hay que empezar a ser más conscientes de la importancia de cuidar nuestra única casa no vaya a ser que nos quedemos en la calle. A ver, pongámoslo en perspectiva: la Tierra no tiene ningún problema. La Tierra sin el hombre se repoblaría en unos 200 años sin ningún problema (hay un documental sobre esto:http://www.youtube.com/watch?v=rDHOis...Somos nosotros los que tenemos un problema, ya que si no controlamos el crecimiento y el mal desarrollo que llevamos lo vamos a pasar mal o lo va a pasar malmucha gente (los ricos de momento no, pero también les llegará su hora cuando el caos sea incontenible).Francamente, la acción de determinadas personas, organismos, gobiernos y multinacionales está dejando mucho que desear y deberíamos ser más severos con ellos ahora que tenemos herramientas como internet para denunciar todos estos abusos. Mis respetos por ONGs como Greenpeace que están luchando activamente por estas causas:http://www.greenpeace.org/espana/http://www.ayudaenaccion.org/Ahora hay una campaña contra el Algarrobico en España, un hotel que han fabricado en la costa de forma vergonzosa y que sale en el documental al final. Este vídeo puede ser utilizado dentro de un módulo de educación medioambiental con el objetivo de concienciar y sensibilizar a las personas de la necesidad de tomar medidas inmediatas de forma activa para luchar contra el deterioro medioambiental en el mundo.El planeta está conectado y lo que se hace en un sitio afecta a todos los demás.Especialmente recomendable para utilizar en el segundo y tercer ciclo de Primaria.Más recursos sobre Calentamiento Global:http://es.wikipedia.org/wiki/Calentam...Sinopsis: Las personas tienen una enorme influencia en el estado de conservación y calidad medio ambiental que hay en el planeta. Muchas de las cosas que hacemos están ya pasándonos factura con lo que hay que hacer caso de las advertencias medioambientales.Agradezco que te tomes la molestia en verlo y agradeceré críticas, comentarios o lo que queráis poner. También si alguien está interesado en poner una anotación que me lo diga. Este canal está abierto a todos los que quieran hacer algo por el medio ambiente.Se ha contado en esta ocasión de un elenco de excelentes profesionales de la fotografía que aparecen en títulos al final de la película. Por ello, encontrarás impresionantes fotos de ciudades, islas, fábricas, e incluso, una de mis favoritas, una excelente foto de una simple rosa que refleja la fragilidad de la Tierra en estos momentos.AGRADECIMIENTOSSudhanshu Goswami
Save the Earth
Vídeo que foi colocado no dia 19 de abril de 2009 e foi retirado no dia 2 de julho de 2009 e agora eu que não sou mais dodremon, agora dodremom, porque só assim o Youtube reaceitou, eu o recoloco.A descrição era essa: Fiz esse vídeo sobre a Represa Billings. O vídeo conta 1 pouco do surgimento da Represa Billings, e apresenta Imagens de Mapas, e Fotos. A Represa Billings é o maior reservatório de água da Região Metropolitana de São Paulo. Tem aproximadamente 100 Km² e sua bacia hidrográfica estende-se por mais de 500 km², nos municípios de Ribeirão Pires, Diadema, Rio Grande da Serra, São Bernardo do Campo, Santo André e São Paulo. A oeste, faz limite com a bacia hidrográfica da Guarapiranga e, ao sul, com a serra do Mar. Seus principais rios e córregos formadores são o rio Grande ou Jurubatuba, Ribeirão Pires, rio Pequeno, rio Pedra Branca, rio Taquacetuba, ribeirão Bororé, ribeirão Cocaia, ribeirão Guacuri, córrego Grota Funda e córrego Alvarenga. A represa surgiu em 1925 para gerar energia elétrica e movimentar as principais indústrias de São Paulo. Na época, a carência de água e de recursos energéticos eram preocupantes. Para solucionar o problema, os engenheiros F. Hyde e Asa Billings desenvolveram o Projeto Serra, desviando o fluxo do Rio Tietê para o canal do Rio Pinheiros, a fim de movimentar as águas em direção ao reservatório Billings e gerar energia na usina de Cubatão. No entanto, diversos fatores, como a explosão demográfica, causaram uma série de inundações e a poluição das águas da represa. Em 1988 a reversão das águas poluídas foi paralisada por três anos. Em 1992, as Secretarias de Recursos Hídricos e Meio Ambiente decidiram que o bombeamento das águas do Rio Pinheiros seria realizado somente em algumas situações, como controle das cheias. A água da represa melhorou, porém há um outro fator que ameaçava sua existência: a crescente ocupação irregular e desordenada ao seu redor. Aproximadamente 700 mil pessoas vivem no entorno da Represa Billings, gerando problemas ambientais devido ao lançamento de esgotos domésticos e o desmatamento de áreas verdes. Em função do elevado crescimento populacional e industrial da Grande São Paulo ter ocorrido sem planejamento, principalmente ao longo das décadas de 1950 a 1970, a Represa Billings possui então os seus grandes trechos poluídos infelizmente. Apenas os braços Taquecetuba e Riacho Grande são utilizados para abastecimento de água potável pela Sabesp. A pesca amadora é muito praticada, devido às espécies de peixes encontradas, como tilápias, lambaris, carpas húngaras e traíras, entre outras.
Represa Billings - Reservatório Da Região Metropolitana Paulista
-
Esquecimento Total - Yudi Tamashiro
Mobilização de Moradores buscam alternativas e soluções para o lixo.
LIXO E RECICLAGEM: Problema Nacional
un video documental, grabado en una sola toma, con luz natural y sonido ambiental y efectos sonoros hechos en el acto, sin edicion de sonido o imagen, acerca del tinnitus -sensacion auditiva que no es originada en el medio ambiente- el documental incluye comentarios profesionales y declaraciones de personas que padecen este problema.
tinnitus, un documental tipo dogma
 
Video produzido por alunos do 2º ano, sala rosa, da Escola de Referência em Ensino médio Maria Vieira Muliterno( Abreu e Lima - Pernambuco.Produzido por Bárbara Gissele, Clarissa Generino, Maria Caroline e André Ferreira.Aborda as consequências da urbanização desenfreada sobre o meio-ambiente e a qualidade de vida das pessoas.
A urbanização e os desequilíbrios sócio-econômicos
-
O amigo leão - ( ANIMAL FRIEND)
ecifes na Indonésia em 2000 revelaram que apenas 6% dos corais da Indonésia estão em excelente condição, enquanto 24% estão em bom estado, e aproximadamente 70% estão em má condição (2003 A Universidade Johns Hopkins).Estimativas Gerais mostram que aproximadamente 10% dos recifes de coraisdo mundo já estão mortos.[carece de fontes?] Os Problemas vão de efeitos ambientais por causa de técnicas de pescaria, descritas acima, para acidificação do oceano. O descoramento de corais é outra manifestaçã do problema e esta aparecendo em vários recifes pelo planeta.[editar] Proteção e Restauração de Recifeshabitantes da Ilha Ahus, Província de Manus, Papua-Nova Guiné, tem um histórico de gerações de prática de pesca em seis áreas de sua lagoa de recife. Enquanto a pesca com linha é permitida, pesca com rede e lanças são restritos para tradições culturais. O resultado é que tanto a biomassa quanto os peixes individualmente são significativamente maiores nestas áreas do que em áreas em que a pesca é completamente irrestrita (Cinner et al. 2005). [http://earthobservatory.nasa.gov/Newsroom/NewImages/images.php3?img_id=17182]É estimado que aproximadamente 60% dos recifes do mundo estão em risCo por conta de atividades destrutivas relacionadas a humanos. A Ameaça a saúde dos recifes é particularmente forte no sudeste da Ásia, aonde uma quantidade de 80% dos recifes estão considerados em extinção[editar] Áreas Protegidas pela MarinhaUm método de administração de recifes costeiros que está se tornando cada vez mais proeminente e á implementação das Áreas Protegidas pela Marinha. APMs foram introduzidas no sudeste da Ásia e em qualquer outro lugar do mundo que tenta promover pesca responsável e proteção de habitat. Assim como a designação de parques nacionais e áreas protegidas, extrações potencialmente danosas são proibidas. Os objetivos das APMs são tanto social quanto biológico, incluindo a restauração de recifes de coral, manutenção estática, aumentar e proteger a biodiversidade e benefícios econômicos. Conflitos envolvendo as APMs envolvem falta de participação, visões e percepções de efetividade conflitantes, e fundos.A Indonésia tem atualmente 9 APMs, clamando um total de 41 129 km² de águas costeiras sob proteção[carece de fontes?] Um estudo realizado numa das mais novas APMs implantadas na Indonésia mostra a necessidade de co-gerenciamento quando se fala em sucesso de gerências APMs. A aproximação colaborativa enfatiza a cooperação e a parceira entre partidos em nível nacional, provincial e da comunidade local.Os recifes de coral das Filipinas e Indonésia estão desaparecendo rapidamente graças a pesca com dinamite e cianide. Entre 1966 e 1986 a produtividade dos recifes de corais das Filipinas caiu em um terço enquanto a população nacional dobrou (estado dos recifes).[carece de fontes?] Na Indonésia também, mais de oitenta por cento dos corais estão correndo perigo (o Alerta de Jacarta). Estes dois locais são o lar da maior diversidade de recifes do mundo. Se o grau de destruição não diminuir, 70% de todos os corais do mundo irão desaparecer nos próximos 25 a 40 anos (nas Filipinas)[carece de fontes?][editar] OrganizaçõesMuitas organizações existem para ajudar a preservar o habitat dos recifes de corais. Por exemplo, o Conselho Aquático da Marinha (CAM) é uma organização internacional sem fins lucrativos que funciona para trazer responsabilidade e sustentabilidade para a industria de comércio de peixes de aquário preocupada que as práticas da industria possam fazer mal aos recifes de coral. Estas preocupações incluem o uso de cianido para atordoar os peixes e poder pescá-los, práticas erradas de cuidado e acasalamento, diminuição do número de animais selvagens, regulamentos limitados do governo e manutenção de recursos naturais, e a falta de informação confiável sobre a industria. Um banimento em coleta de organismos de recifes para a indústria aquária criaria a perda de sustentamento das comunidades, e possivelmente aumentaria a troca ilegal. CAM mantém uma grande rede de pesquisadores, operadores da indústria e ambientalistas para garantir soluções objetivas que beneficiem a industria e o meio ambiente. CAM apoia o conceito de que existe uma maneira sustentável e responsável de alcançar as demandas da industria criando padrões internacionais e esquemas de certificação para informar e educar consumidores, colecionadores, e revendedores sobre a importância de sustentar um ambiente saudável para o recife de coral.
Recifes Preciosos - 06.mp4
Plantabosques es un proyecto de Voluntariado Ambiental desarrollado por ADENEX en colaboración con el Instituto de la Juventud de Extremadura y la Dirección General del Medio Natural de la Junta de Extremadura.En el año 2010 celebramos la séptima edición de un programa que nació como respuesta a los problemas producidos por los incendios forestales, y que poco a poco ha ido abarcando también áreas donde se quiere recuperar la vegetación autóctona.Si quieres más información sobre éste u otros proyectos de voluntariado ambiental organizados por ADENEX, puedes informarte en nuestra página web: www.adenex.org, o llamanado al 924 38 71 89.
Plantabosques 2010 - Las Hurdes (Febrero).wmv
2ª parte do vídeo.O biólogo Marcelo Mello levou a equipe do jornal A Folha do Bosque para conferir de perto o estado de degradação da Lagoa da Tijuca.Num passeio de balsa pelo local, ele mostrou o descaso das autoridades e apontou diversos problemas ambientais que afetam o lugar.Jacarés e espécies variadas de pássaros raros, que ainda sobrevivem na região, também foram registrados neste vídeo.
Ainda dá tempo de salvar a Barra? 2ª parte 2/3
 
Terra é o único planeta do Sistema Solar capaz de gerar BIOSFERA dinâmica e caótica... em total (des) equilíbrio ambiental... O ciclo da água, aqui representado, é um dos ciclos biogeoquímicos da nossa bola... Utilize, com moderação esse vídeo ! (água não é, nunca foi e jamais será problema: apenas solução... afinal o planeta é água, em vários estágios e formas !)
Ciclos biogeoquímicos (Água).wmv
Animação realizada na EBM Batista Pereira - Fpolis/ feito pelos alunos para contextualizar o problema ambiental
Destruição
-
trabalho de ciencias (joãozinho)
trabalho sobre GLOBALIZAÇÃO e PROBLEMA AMBIENTAL
GLOBALIZAÇÃO TAMBÉM É PROBLEMA AMBIENTAL
Cuento Infantil (Refexión) sobre el problema de la basura. Cuento realizado por la Red Escolar (Sinaloa)
Rescate, Planetas en Peligro
 
SBT Brasil: Meio Ambiente ? O problema ao descartar eletrodomésticos
SBT Brasil: Meio Ambiente ? O problema ao descartar eletrodomésticos
www.sospraiadofuturo.blogspot.com - Caros amigos agentes de Turismo nesse vídeo mostramos o descaso a qual esta acontecendo na praia do futuro - CE com relação a poluíção da mesma, peço que nos ajudem a influenciar o poder público a tomar as medidas necessarias para solucionar essa calamida que afeta todo turismo cearense por consequencia a economia, causando assim problemas sociais e ambientais gravissimos !
SOS PRAIA DO FUTURO - RECADO A ABAV E AOS AGENTES DE TURISMO !
problemas ambientais....q ha no mundo....com ajuda de bons videos da internet consegui montar um um trabalho de escola e acho q ficou bom postem comentarios sobre ele
problemas ambientais
Terrorismo Ambiental   en Tingo MaríaVergüenza ajena siento cuando se habla de Tingo María por la constante contaminación del rio Huallaga, es alarmante el grado de contaminación que tiene este rio por la malas políticas ambientales de los gobiernos locales en especial la Municipalidad de Tingo María y algunas comunas distritales. Hicimos el recorrido por la rivera del rio Huallaga (Muyuna) y no fue nada agradable ver cuadros enteros de familias junto a sus niños y lo más alarmante  es que de esa agua unas 100 familias hacen uso diario para cocinar bañarse y beberlo. Dante Calderón quien  trabaja como reciclador denuncia que las autoridades nada hacen por solucionar este problema ambiental ya que votan desperdicios muy contaminantes como restos de placentas fetos o intestinos humanos productos de las operaciones que realiza el hospital, además hay guantes, frascos de medicinas y agujas contaminadas productos de los tratamientos a personas enfermas. Lo que más nos preocupa es que en estos lugares también hay niños y adolecentes que trabajan sin protección y la mayoría lo hacemos por sobrevivir pero el alcalde y funcionarios nunca se fijan en este problema. La basura con alta peligrosidad debe ser incinerada y no dejarlo expuesta a la gente y aun peor se creó un nuevo problema más grande vertiendo la basura al rio Huallaga.Es responsabilidad de las autoridades, empresas, instituciones públicas y Privadas tomar conciencia del daño que están ocasionando al ecosistema. Es hora de direccionar nuestros hábitos tercermundistas y cambiar la mentalidad individualista y depredadora -el rio  es muy grande y la basura también su efecto mortal es visible, los peces comen de todo  incluso la  basura; este río tiene gran caudal, y los residuos contaminantes esta por todas las orillas poniendo en serios riesgos la salud de la gente. Estos reclamos nunca tuvieron eco en la opinión pública ya que la gran mayoría no se hace una mea culpa somos tan ingenuos con nuestra actitud peligrosa. El resultado lo podemos ver a diario en los ríos donde se encuentra toda la basura sembrada por la ignorancia. El rio Huallaga es inmenso pero lo que se tira nunca se disuelve en todo el agua, queda concentrado en áreas pequeñas. Los peces comen su alimento normal pero contaminado con basura toxica. El rio podría deshacer todo, pero es mayor la velocidad de la contaminación que la degradación de los contaminantes.Muchas madres campesinas manifiestan su amargura é impotencia por que el rio está contaminado y sus hijos con problemas en la piel y en las orillas a se encuentra agujas, jeringas, y el más afectado de todo los abusos contra el  medio ambiente es el Distrito de Luyando quien hoy nada pueden hacer por la sordera permanente de las autoridades en general.
Terrorismo Ambiental en Tingo María
Uma rua abandonada no Jardim Peri
Moradores do Jd Peri exigem redes de esgoto
 
Este é o segundo vídeo da campanha de informação ambiental da Juventude Social-Democrata de Oeiras.Este é sobre Energia, e aborda os seus problemas, as alternativas e as soluções. Pretendemos com este video sensibilizar para a crise energética que se instalou a nível Mundial e apelar á iniciativa individual de poupar energia!Mais em :www.jsdoeiras.comwww.jsdoeiras.blogspot.com
"Energia" - Campanha Ambiental da JSD Oeiras
El planeta al igual que el hombre, se encuentran asfixiados por el plástico. Su generación y distribución masiva en todas las grandes ciudades al rededor del mundo, el mal uso que le damos, la corta vida útil de una bolsa o de un empaque plástico sumado a otros tipos de factores como que el plástico puede tardar mas de 400 años en degradrase contribuyen a incrementar este problema ambiental.
Basura Blanca.
Este video fue realizado por un colectivo de jóvenes  comunicadores de la Isla de Múcura para apoyar la sensiblización de su comunidad sobre sus problemas ambientales más graves. Con apoyo del Colectivo de Comunicaciones de los Montes de María.
La historia de Juancho
Icaros-Demeter Ltda. é uma reconhecida empresa na área agrícola por sua precisão e capacidade de fornecer aos agricultores, de forma rápida, dados detalhados e precisos sobre as condições das culturas; analisando e percorrendo vastas áreas com um desempenho incomparável.Esta informação permite ao agricultor/fazendeiro agir prontamente caso haja algum problema, podendo tratar qualquer tipo de cultura e facilitando, também, o controle e o planejamento preliminar relativo a esta. Usando a plataforma Aerofotogramétrica Icaros? e um sistema de geração e processamento de dados GIS totalmente automatizado, Icaros-Demeter oferece quase que instantaneamente imagens ortoretificadas e mapas temáticos geo-espaciais (topográficos), ambos marcados com dados de espectro infravermelho. Icaros-Demeter fornece esses dados e ao mesmo tempo análises agronômicas ao agricultor/fazendeiro graças ao seu sistema algorítmico integrado (algorithm engine).Esta contínua série de dados facilita e permite ao agricultor/fazendeiro aumentar a sua rentabilidade seguindo alguns dos seguintes critérios:1.Diminuição no uso de Pesticidas (até 70%) por detectar antecipadamente os efeitos de agentes patogênicos no campo, e auxiliar o uso de taxas variáveis de tratamento variable rate treatment (VRT), e a descoberta de uma possível infestação de pragas em áreas específicas.2.Diminuição no uso de Fertilizantes (até 50%) por detectar antecipadamente possíveis situações de stress no campo e analisar imediatamente as necessidades nutricionais das culturas. 3.Avaliação precisa no gerenciamento de água (armazenamento e déficit hídrico no solo).4.Irregularidades no campo como variabilidade de solo, necessidade de irrigação ou drenagem e análises para um eficaz planejamento agrícola.5.Monitoramento preciso na mensuração de Biomassa e rendimentos, geração de gráficos de lucros e contagem exata da quantidade de árvores em campo.6.Avaliação exata de danos as culturas, quando referente a problemas causados pelo homem ou episódios ambientais como tempestades, enchentes, geadas, etc... Icaros-Demeter é uma empresa inovadora e reconhecida por seus serviços prestados na área agrícola, sendo assim, o seu maior objetivo é possibilitar que o gerenciamento agrícola faça parte do novo padrão de qualidade de seus agricultores/fazendeiros.  Resultados comprovadamente positivos nos rendimentos, na colheita e no controle de água, bem como a diminuição no uso de Agroquímicos fazem da Icaros-Demeter? a solução, através de ferramentas rentáveis e indispensáveis ao agricultor de hoje.
Icaros Demeter Ltd.
Derrubada ecológicaÉ difícil imaginar que a derrubada de milhares árvores seja a solução para um problema ambiental. Mas é exatamente isso que está ajudando a preservar o Parque Nacional da Lagoa do Peixe, no extremo sul do Brasil. O pinus, plantado antes da criação da reserva, virou uma ameaça a um dos maiores santuários ecológicos da região. Analice Bolzan esteve na reserva para mostrar como a retirada da espécie vai garantir a sobrevivência da fauna e flora nativas. Esta matéria foi exibida no Via Legal 348 em 06/05/2009
Via Legal - Parque Nacional Pinus
 

Categorias